Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Ford terá de se explicar ao Procon
13/01/2021 18:19 em Economia & Negócios

A decisão da Ford em fechar as três fábricas que mantém no Brasil ainda repercute junto a entidades, autoridades e órgãos públicos. Nesta quarta-feira, 13, a montadora caiu na mira do Procon-SP, fundação voltada à defesa do consumidor no Estado de São Paulo.

Leia mais: GM vai retomar programa de investimentos de R$ 10 bilhões no Brasil

Em nota oficial divulgada à imprensa, o órgão avisa ter notificado a empresa. O Procon-SP pede explicações de como a Ford garantirá os direitos de seus clientes mesmo sem fabricar novos carros no Brasil. Para isso, a equipe da 48 horas para receber o posicionamento da companhia.

Entre outros pontos, o Procon-SP deseja que a Ford responda aos seguintes questionamentos:

  1. Como será feito o atendimento aos proprietários cujos veículos estão dentro do prazo de garantia?
  2. Por quanto tempo e, de que forma, serão disponibilizadas as peças de reposição para os veículos que estão fora da garantia?
  3. O encerramento das atividades das fábricas [no Brasil] causará impacto no prazo de entrega dos veículos novos comprados recentemente?

Veja também: FGV: setor automobilístico apresenta ociosidade superior a 30%

Além das explicações, o Procon-SP espera que a Ford indique quais canais estarão disponíveis para os consumidores. 

 

Fonte: revistaoeste.com

COMENTÁRIOS