Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Brasil: Importação do arroz dispara em setembro
15/09/2020 14:19 em Economia & Negócios

Até a segunda semana deste mês, as importações de arroz com ou sem casca pelo Brasil aumentaram fortemente na comparação com a média diária registrada no mesmo período de 2019, conforme o Ministério da Economia. A alta vem na esteira de preços recordes no mercado nacional que levaram o governo a isentar de tarifas, na semana passada, uma cota de 400 mil toneladas para compras externas. A média das aquisições de “arroz com casca, paddy ou em bruto” disparou 310,9%, para 864,3 toneladas ao dia, enquanto os preços de importação atingiram US$ 337,3 por tonelada, alta de 27,52%. No total, a importação desse tipo de arroz no acumulado do mês até a segunda semana somou 6,9 mil toneladas (superando as 4,4 mil toneladas de setembro de 2019).

Leia mais: Queda do PIB será ainda menor, garante Paulo Guedes

Já as importações de arroz “sem casca ou semielaborado, polido, glaceado, quebrado, parbolizado ou convertido” somaram 3,3 mil toneladas ao dia, alta de 14,74% ante a média do mesmo mês do ano passado. Dessa forma, acumulando um total de 26,7 mil toneladas até a segunda semana. As importações cresceram em meio a expectativas de que o governo poderia isentar de tarifa uma cota. E diante de preços recordes no mercado nacional acima de R$ 100 a saca de 50 quilos no Rio Grande do Sul, conforme indicador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, valor que representa mais que o dobro do observado no mesmo período do ano passado, informou a agência de notícias Reuters.

 

Fonte: revistaoeste.com

COMENTÁRIOS