Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Depois de áudio vazado, ministro do TCU pede licença do cargo
23/11/2022 23:22 em Política Brasil

O ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU), protocolou um pedido de licença médica, depois de ter um áudio em um grupo do WhatsApp vazado. A decisão vem após ele ser cobrado por outros membros do tribunal.

Na mensagem, direcionada a um grupo de pessoas do agronegócio, o ministro fez uma análise do momento político brasileiro e afirmou que “está acontecendo um movimento muito forte nas casernas”.

“Eu acho que é questão de horas, dias, no máximo uma semana, duas, talvez menos que isso, que vai acontecer um desenlace bastante forte na nação. Imprevisíveis, imprevisíveis”, declarou. “Os próximos dias serão nebulosos. Teremos desdobramentos muito fortes nos próximos dias.”

No áudio, de pouco mais de oito minutos, Nardes, que se tornou próximo do presidente Jair Bolsonaro (PL), disse que foi ele, Bolsonaro, “que despertou a sociedade conservadora, e hoje todo mundo está na rua fazendo a defesa desses princípios. Demoramos, mas felizmente acordamos.”

Nardes também disse que está “tudo muito nebuloso em relação ao futuro do país”. Na avaliação feita pelo ministro no áudio, o único jeito de evitar o movimento é a “capitulação por parte de alguns integrantes importantes”.

Em nota, ministro esclarece áudio

O ministro Augusto Nardes emitiu um comunicado afirmando que o áudio foi mal interpretado. Na nota, em que confirma a autenticidade da gravação, Nardes enfatiza que repudia manifestações de natureza “antidemocráticas e golpistas” e que a gravação era despretensiosa.

“O ministro Augusto Nardes lamenta profundamente a interpretação que foi dada sobre um áudio despretensioso gravado apressadamente e dirigido a um grupo de amigos. Para que não pairem dúvidas, esclarece que repudia peremptoriamente manifestações de natureza antidemocrática e golpistas, e reitera sua defesa da legalidade e das instituições republicanas”, informou o comunicado do ministro.

Fonte: revistaoeste.com

COMENTÁRIOS