Boeing está criando um avião espacial hipersônico reutilizável
25/05/2017 22:14 em Ciência

São Paulo – A Boeing encontrou uma maneira de tornar o lançamento de satélites mais barato e rápido. A empresa anunciou que está desenvolvendo um avião espacial capaz de voar para levar pequenos satélites ao espaço e voltar à Terra para ser reutilizado.

A aeronave, chamada de Phantom Express, promete viajar a velocidades hipersônicas de 6.200 km/h, ou seja, cinco vezes a velocidade do som. O lançamento da aeronave será na vertical, mas não exigirá propulsores adicionais, como acontece com a maioria dos foguetes espaciais. Na realidade, o avião será alimentado exclusivamente por propulsores criogênicos que usam hidrogênio como combustível, assim como acontecia com ônibus espaciais.

O que mais chama atenção no Phantom Express, no entanto, é que seu foguete é destacável. Ele se desprende da estrutura da aeronave quando chega ao espaço e libera um satélite que pesa 1.360 quilos. Já o avião retorna à Terra para, em seguida, ser preparado para seu próximo voo – o objetivo é relançá-lo dentro de poucas horas.

“O Phantom Express foi projetado para transformar o processo de lançamento de satélites como conhecemos hoje, criando um novo método de lançamento espacial sob demanda que pode existir de forma mais acessível e com menos risco”, disse Darryl Davis, presidente da Boeing Phantom Works, em declaração no site da empresa.

A Boeing espera que cada lançamento custe cinco milhões de dólares. A ideia é realizar testes de 10 voos em 10 dias até 2019. Até o ano de 2020, a empresa quer fazer de 12 a 15 testes de voo, atingindo velocidades de até Mach 10 (10 vezes a velocidade do som).

O Phantom Express foi projetado para a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA) das forças armadas dos Estados Unidos como parte do programa Spaceplane Experimental (XS-1).

A Boeing não é a primeira empresa a construir um veículo do tipo.  A Virgin Galactic, por exemplo, anunciou em 2015 que irá utilizar a aeronave 747-400, operada sob o apelido de Cosmic Girl, para lançar um foguete com um satélite em seu interior.

O vídeo abaixo (em inglês) mostra como o Phantom Express funciona:

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE